Receita de preparo no método de Café Ibrik

O café Turco é feito sem uso de coador, é considerado pela Unesco um patrimônio imaterial da humanidade. Sua forma de preparo pode parecer estranha, e realmente é um pouco diferente, mas o resultado é uma bebida naturalmente doce.

Se for usado um café de qualidade, além de muito encorpado, também é muito aromático. Nesta receita nós vamos colocar a maneira de preparo mais básica, ela pode ser experimentada de diversas formas, misturando especiarias.

O café é moído bem fino ou então, moa por duas vezes, não se preocupe se ficará forte ou fraco, para isso que usamos a proporção de 10% (7,5g a cada 100g).

Na Europa algumas cafeterias utilizam uma base que aquece a areia, para simular a forma de preparo original. O processo foi inventado por beduínos no deserto, que em suas longas viagens nem sempre tinham fogo ou fogueira preparada, daí aproveitavam a alta temperatura ambiente desértico.

A mistura de água e pó extremamente fino fazia com que esse preparo fervesse lentamente a uma temperatura aproximada de 70 graus no deserto.

Mais aroma, mais sabor e mais cultura com a cafeomancia

Você pode prepará-lo com especiarias a moda Turca, lá é muito comum o consumo de cardamomo, canela, anis estrelado, pimentas e outras especiarias como açafrão, páprica, etc.

Os mistérios sempre estiveram presentes na história da humanidade e conhecer o futuro é um destes mistérios, o consumo de café é uma cultura milenar e a origem do preparo do café turco é um desses mistérios.

A cafeomancia é o ato de ler o futuro através das imagens formadas pela borra do café no fundo ou borda da xícara, muito difundido na Turquia e Norte da África.

Modo de servir:

Para que a leitura seja interessante é importante que haja mais espuma durante o preparo lento, além de enriquecer o sabor da bebida com a extração correta a média temperatura, o maior volume de espuma dará melhor resultado de desenhos na xícara.

Para servir é necessário servir água para limpar o paladar, você não deve beber imediatamente ao ser servido, para que os sedimentos do café possam descer ao fundo da xícara, o maior valor do bom café está em poder unir pessoas, demonstrar hospitalidade e amizade.

 

Modo de Preparo:
Você precisará de água filtrada, café de qualidade, recipiente Ibrik/Cezve que é um tipo de panelinha de fundo grande, geralmente são feitas de cobre, xícara para servir e açúcar (se desejar).

Etapa 1
Separe um café especial com torra média,
moa o café muito fino (mais que espresso), tipo cacau em pó.

Etapa 2
Use a Ibrik/Cezve para fazer a mistura de 100ml de água fria,
acrescente 10 gramas de pó e 5 gramas ou menos de açúcar.

Etapa 3
Aqueça em fogo baixo, controle para que a extração seja feita lentamente com tempo máximo de 4 minutos.
Quando começar a ferver, retire do fogo e deixe descansar 20 segundos, repita o processo três vezes.

Etapa 4
A espuma faz parte do processo, por isso a retirada do fogo por algumas vezes, para que facilite o processo de leitura da borra do café que sobra no fundo da xícara.

Etapa 5
Sirva o café em xícaras de fundo arredondado para facilitar que a espuma/crema fique por cima do café.

Publiquei este artigo originalmente no Instagram @pronovacoffee da www.pronovacoffee.com, as fotos que ilustram esta coluna são de freepik.com e coffeegeek

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.