Pessoas que bebem 3 a 5 xícaras de café têm 20 por cento menos risco de desenvolver Alzheimer, segundo pesquisa divulgada em Glasgow no Congresso Europeu de Alzheimer em 2014.

O maior estudo sobre o tema foi realizado em 2009 e descobriu que homens e mulheres de meia idade que bebiam de 3 a 5 xícaras por dia tinham menor probabilidade de adquirir a doença.

Este estudo foi realizado com 1.409 pessoas na Finlândia e acompanhou por duas décadas pessoas de idade que variavam de 40 a 50 anos, e a conclusão foi feita quando estas pessoas estavam com 60 e 70 anos.

Isso ocorre porque a cafeína é rica em compostos antioxidantes chamados polifenóis, que reduz a inflamação das células cerebrais do hipocampo e outras área criticas para a memória.

O estudo observou que o consumo de café especial aliado a uma alimentação rica em consumo de vinho, peixes, grãos integrais e gorduras saudáveis como azeite de oliva e redução do açúcar potencializam os efeitos antioxidantes do café.

Artigo publicado originalmente no Instagram da www.pronovacoffee.com, uma torrefação de cafés do Espirito Santo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.